• Calendário dos Cardiopatas

  • Livro da Isa

  • Arquivos

  • Vamos votar no Hospital do Davi !

  • Categorias

  • Comentários

    angela maria em Inesquecível = Thiago Saia…
    amigosdocoracao em Aprovado “Teste do Coraç…
    Francine em Vamos ajudar Bauruenses!
    iraceli donato em Rondonópolis – MT aprova…
    amigosdocoracao em Cardiologia e Neonatologia da…
  • Agenda

    julho 2017
    S T Q Q S S D
    « fev    
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • mais acessados

    • Nenhum
  • Crianças do coração!

  • Enquete

  • Meta

  • Autores

  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 70 outros seguidores

Gratidão: A Palavra chave para fazer dos nossos dias, dias especiais


Durcila Cordeiro

 

Nossa! Desde o Natal não posto nada novo aqui, não é mesmo? Desculpem-me. Fui levada pelas circunstâncias do tempo, festas e crianças em férias e aí, já viu? Trabalho dobrado!

Mas queria colocar como primeiro “post” de 2010 algo assim como agradecimento a Deus pelo ano que passou e convite à todos a viver um ano, onde todos os dias poderão ser especiais.

Agradeço a Deus primeiro por minha família, pela “família do Coração”, a conquista e a alegria que passei a ter desde que coloquei o Blog Amigos do Coração em funcionamento.  Servindo como instrumento de informação, prestação de serviço e muito, muito, amor distribuído aqui por vocês mães, pais e amigos de crianças cardiopatas que nos visitam.  Hoje já  passamos  de 14 mil acessos! Aleluia! Amém!

Além disso, a alegria de saber  que o sonho de ter uma organização que representasse a todos nós se tornou realidade com  a formalização da ONG Pequenos Corações, que tem à frente uma mulher determinada e  bastante guerreira: Márcia Adriana Saia Rebordoes, a mãe do Thiago.

 É queridos… 2009 foi um ano que o Senhor agiu! E 2010 também o será! Quero dizer a vocês que mesmo com todos os problemas que poderemos enfrentar este ano, ainda assim é tempo de louvar a Deus e saber do seu agir. Ainda assim, cada dia deverá ser especial.

Outro dia estava começando a ler um livro do Marx Lucado (Todo dia é especial) e ele descreve no primeiro capítulo uma situação bem humana… Como conseguimos estragar os nossos dias apenas com um “detalhezinho” do dia que deu errado ou mesmo não aconteceu como gostaríamos. Parece que somos  especialistas e  superestimar o que não dá certo e muitas vezes esquecemos de olhar com gratidão todo o resto.   

Amados, como o Marx Lucado descreve em seu livro: “O trânsito ficará congestionado.Aeroportos fecharão.Amigos nos esquecerão.Casais discutirão.E as filas. Caramba, as filas. Prazos, filas enormes, cabelos caindo, companhias aéreas que perdem malas, cantadas ridículas, linhas de expressão no rosto, fila do seguro-desemprego, e os benditos ultimatos”. Tudo isso sempre vai existir. Nós sabemos que dia-a-dia não é conto de fadas.  Vai haver sempre um “dia  daqueles” recheado de problemas!

“Aqueles dias em que toda esperança vai pelos ares por causa de uma crise? Você nunca sai do leito do hospital ou da cadeira de rodas. Você acorda e se dá conta de que está na mesma cela ou na mesma guerra. O enterro daquela pessoa querida mal acabou, a carta de demissão ainda está dobrada no seu bolso, o outro lado da cama continua vazio… quem consegue ter um dia bom em dias como esses?” Descreve Lucado.

Ele diz ainda que a maioria das pessoas não consegue sair de um dia como esse. E ficam sem esperança! Mas será que não poderíamos tentar?

E eu concordo com ele, que dias como esses trazem uma boa oportunidade. Uma chance. Um teste. Uma virada de mesa. Então? Será que todo dia não merece uma chance e, assim, passar a ser um bom dia?

E aí é que vem o que eu disse acima a respeito do ano de 2009 e que vale para cada dia: “Este é o dia em que o SENHOR agiu; alegremo-nos e exultemos neste dia” (Salmo 118:24).

O autor diz que “a primeira palavra nos deixa curiosos. “Este é o dia em que o SENHOR agiu”? Talvez os feriados sejam os dias em que o Senhor agiu. Domingos de Páscoa… sábados de liquidações… dias de férias… os primeiros dias das temporadas de caça — esses são os dias em que o Senhor agiu. Mas “este é o dia?

Este é o dia” inclui todos os dias. Dias de divórcio, dias de provas finais, dias de cirurgias, dias de pagar os impostos, dias de mandar seu filho mais velho para a universidade em outra cidade”.

Gente : É só deixar essas palavras penetrarem todo o seu ser! Poderemos fazer daquele dia difícil, um dia para louvar e agradecer ao Senhor! Muitos de nós poderia dizer: “ Nós exultaremos ao Senhor ‘após’ este dia, se conseguirmos chegar ao fim dele, não? Mas Deus nos convida a exultá-lo ‘ NESTE DIA’!

Muitos personagens da Bíblia fizeram isso: Paulo na prisão; Davi escreveu salmos no deserto; Jonas orou na barriga do peixe; Sadraque, Mesaque e Abede-Nego permaneceram firmes na fornalha ardente; João viu o paraíso no seu exílio; e Jesus orou em seu martírio…

Mais adiante no livro, Lucado diz :

“Será que nós poderíamos exultar bem durante este dia? Imagine a diferença se nós pudéssemos. Suponha que, “atolado até o pescoço no pior dos dias”,1 você resolve dar uma chance a este dia. Você escolhe não beber, nem trabalhar, nem se preocupar, mas dar a ele uma oportunidade justa. Você confia mais. Se estressa menos. Aumenta sua gratidão. Silencia os resmungos. E o que acontece? Logo o dia acaba, e o mais surpreendente, de modo tranqüilo.

Tão tranqüilo, na verdade, que você resolve dar a mesma chance ao dia seguinte. Ele chega com seus tropeços, torpedos de pombos, manchas na camisa, mas, em geral, caramba, dar uma chance ao dia funciona! Você faz a mesma coisa no dia seguinte. E no seguinte. E os dias viram uma semana. As semanas, meses. Os meses, anos de bons dias.

E disso que são feitas as vidas felizes. Um bom dia de cada vez. Uma hora é muito pouco, um ano é demais. Os dias são porções perfeitas de vida, uma espécie de módulos de organização projetados por Deus.

Oitenta e quatro mil batidas do coração. Mil quatrocentos e quarenta minutos. Uma rotação da Terra. Uma volta completa no relógio de sol.

Vinte e quatro viradas da ampulheta. Um nascer e um pôr-do-sol. Um dia novinho em folha.

A dádiva de vinte e quatro horas não vividas, inexploradas. E, se você puder acumular um bom dia após o outro, conseguirá juntar os pedaços de uma boa vida”.

Gente, o dia acaba e o ontem passa a não existir. Desaparece enquanto dormimos. Não poderemos mudá-lo ou melhorá-lo. Então, não há uma segunda chance. O amanhã ainda não existe. A não ser que você acelere a órbita da Terra ou convença o Sol a nascer duas vezes antes de se pôr, você não pode viver o amanhã hoje.

Tudo que podemos em nosso calendário é viver sempre o hoje. O DIA QUE O SENHOR AGIU!

Então, neste primeiro “post” do ano, eu convido você a “VIVER ESTE DIA”!Você tem que estar presente nele para ganhar. Não vamos sobrecarregar o dia  de hoje com os problemas de amanhã e nem os arrependimentos de ontem.

Num passeio ciclístico, por exemplo, se os freios prendem uma das rodas vai torná-lo difícil. Pesado. E talvez os nossos dias acabam sem  graça ou mesmo insuportáveis porque fazemos o mesmo colocando “ ingredientes” nada gostosos, às vezes amargos…Ou mesmo “ pesos” que como os freios da bicicleta, nos cansam. Sabotamos o nosso dia com medo, ansiedade, problemas, culpa…

Amados… Neste ano de 2010 decidi: Vou ser mais grata! Descobri que não estava sendo tanto assim. Muitas vezes me deixei abater pelas circunstâncias. Todos nós nos deixamos. É claro que não estou livre disso e nem você está! Mas quero mesmo tentar ter um DIA APÓS O OUTRO, sabendo e agradecendo a Deus por seu agir.

Convido você a fazer o mesmo: “Como podemos? O que podemos fazer? Aqui vai minha proposta: consultar Jesus. Ele tem algo a dizer sobre nossos dias. O Senhor  não usa a palavra dia muitas vezes nas Escrituras. Mas as poucas vezes em que a usa servem para dar a fórmula para elevar cada um dos nossos dias à posição de DIA  ESPECIAL!

Preencha seu dia com a graça dele.

Jesus lhe respondeu: “Eu lhe garanto:

Hoje você estará comigo no paraíso.”

(Lucas 23:43)

Confie seu dia aos cuidados dele.

“Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano.”

(Lucas 11:3)

Aceite as orientações dele.

“Se alguém quiser acompanhar-me,

negue-se a si mesmo, tome diariamente

a sua cruz e siga-me.”

(Lucas 9:23)

 

Amor = Ação!


amigos-do-coracao2

O nosso objetivo vem sendo alcançado, no sentido de ser mais um veículo de informação e principalmente um canal de troca, convivência e amizade para pais e amigos de crianças cardiopatas.

Fico mais feliz porque viemos para somar às outras centenas e milhares de mãezinhas espalhadas no Orkut e na imensa blogosfera, cuja bandeira é uma só: AMOR E SOLIDARIEDADE para o bem estar das nossas crianças e de suas famílias.

E é com a imensa satisfação que publicamos abaixo mais um relato de amor em forma de  agradecimento e ao mesmo tempo um grande incentivo pra seguirmos em frente. A amada mãezinha Larissa, que mesmo em outro continente está sempre muito presente na vida dessas famílias, é quem escreve.

 

Abraço,

 

Durcila Cordeiro

Adm. Blog

Mãe do Cadu e da Bia

 Queridos amigos,

 Estou escrevendo mais uma vez para falar sobre a Rifa em Prol do Thiago Saia Rebordões.

Gostaria de compartilhar com vocês, que foram fundamentais para o sucesso dessa Ação entre Amigos, qual foi o desfecho final.

 A rifa correu dia 22/08/09 e o número sorteado foi o 662, como eu já havia informado no meu email anterior. O ganhador foi a própria Cidinha, amiga da Márcia Adriana, mãe do Thiago, lá de Bauru. Ela também estava nos ajudando e acabou ficando com alguns números.

A Cidinha porém decidiu abrir mão do prêmio e pediu para que ele fosse usado para ajudar uma outra criança que estivesse precisando de ajuda neste momento.

 Assim sendo, depois desse gesto maravilhoso, juntos com a própria Marcia Adriana e com a Fabíola, decidimos que o caso que estava mais precisando era o caso do Matheus.

Um lindo menino, de apenas 2 anos, da Paraíba que infelizmente não teve o tratamento cardiológico adequado. Há 3 meses conseguimos que ele fosse atendido no Hospital do Coração – Hcor, pelo Programa Social deste hospital, porém já era tarde demais. Os pulmões do Matheus já estavam muito comprometidos e ele infelizmente não pode fazer a cirurgia corretiva. O caso era tão sério que após 2 meses de internação o Matheus veio a falecer e a família não tinha condições econômicas para arcar com as despesas de passagens aéreas e translado do corpo.

|Foi assim que decidimos doar os R$ 300,00 referentes ao valor do prêmio à família, já que não tínhamos tempo para organizar qualquer outro tipo de iniciativa que pudesse nos ajudar a arrecadar um valor maior.

 Ambas as histórias são muito tristes e tiveram o desfecho que nenhum de nós gostaria que tivesse, mas a generosidade e a dedicação de todos vocês nos fizeram ver que juntos podemos muitas coisas e muitas pessoas podem se beneficiar dessa grande corrente de amizade e solidariedade que hoje nos une.

 Mais uma vez muito obrigada à todos”.

 Abraços,

 Larissa