• Calendário dos Cardiopatas

  • Livro da Isa

  • Arquivos

  • Vamos votar no Hospital do Davi !

  • Categorias

  • Comentários

    angela maria em Inesquecível = Thiago Saia…
    amigosdocoracao em Aprovado “Teste do Coraç…
    Francine em Vamos ajudar Bauruenses!
    iraceli donato em Rondonópolis – MT aprova…
    amigosdocoracao em Cardiologia e Neonatologia da…
  • Agenda

    novembro 2017
    S T Q Q S S D
    « fev    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  
  • mais acessados

  • Crianças do coração!

  • Enquete

  • Meta

  • Autores

  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 72 outros seguidores

ONG propõe “Dia da Conscientização da Cardiopatia Congênita” aos deputados federais



Depois dos calendários dos cardiopatas, do  quarto 505, a ONG Pequenos Corações parte para um novo desafio em 2010. Fazer com que o País reconheça a importância da causa que defendem  e institua o  Dia   da Conscientização da Cardiopatia Congênita. Para isso,  foi escrita uma carta aos deputados  federais  para que eles possam encaminhar projeto e aprová-lo.

Para tanto, é preciso antes, que você que  é pai, mãe, amigo, amiga ou mesmo cardiopata congênito, ou ainda simpatizante, ajude. A ONG colocou um abaixo assinado em site específico  e conta com a sua assinatura.

Abaixo, a carta da presidente da Pequenos Corações, Márcia Adriana Rebordões e cópia da carta encaminhada aos deputados federais.

“Amigos, Sabemos o quanto a informação é um bem precioso, e o quanto as famílias de cardiopatas são beneficiadas com a divulgação a cada dia maior da existência das Cardiopatias Congênitas e de seus tratamentos. Pensando nisso, a ONG Pequenos Corações deseja aprovar junto aos Deputados Federais, o “Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita” para que possamos unir esforços no sentido de divulgar a cardiopatia congênita, mostrando a importância do diagnóstico precoce, sensibilizando o público em geral e o governo para criarem ações e programas para atender os cardiopatas de maneira efetiva. Muitas pessoas nem sabem que uma criança pode nascer com um problema sério no coração, e muito menos, que essas mesmas crianças podem viver um vida normal e serem felizes, desde que sejam tratadas da maneira correta, no tempo certo. A maioria dos nossos cardiopatas necessitam de cirurgia cardíaca, e, de cada 23 mil cardiopatas que nascem por ano, apenas 8 mil chegam a cirurgia. Precisamos mudar esses números, e para isso precisamos divulgar, divulgar, e divulgar!!! Um viva a todos que se unem a nós nessa luta!!”

Marcia Adriana Saia Rebordões

http://www.pequenoscoracoes.com

Segue abaixo o texto na íntegra.

Se você deseja se unir a nós nessa mesma luta, acesse o site “Abaixo assinado” e deixe la a sua assinatura virutal. O campo “titulo de eleitor” não precisa ser preenchido.

“Ilustríssimo(s) Deputado(s), As famílias das crianças portadoras de cardiopatias congênitas e adquiridas, adultos portadores de cardiopatias congênitas e adquiridas e os profissionais que trabalham com os mesmos estão unindo forças para que o dia 12 de junho seja proclamado em todos os Estados da República o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita. Nos países do hemisfério norte esta data já é institucionalizada e faz parte do calendário de muitos países, como os Estados Unidos, no dia 14 de fevereiro, dia de São Valentim e Dia dos Namorados nestes países. A data escolhida seria uma adaptação para a nossa cultura, para o nosso Dia dos Namorados, podendo assim termos maior efetividade na campanha com os corações simbólicos já expostos em todo comércio e meios de comunicação. Como cidadãos solicitamos que o senhor nos auxilie a alcançar nosso objetivo proclamando esta data especial no dia 12 de junho. A criação dessa data é de extrema importância considerando-se que: – a cardiopatia congênita é o defeito congênito mais comum e uma das principais causas de óbitos relacionada a malformações congênitas; – 8 em cada mil crianças nascidas vivas apresentam esse problema; – mais de 23 mil crianças necessitam de cirurgia cardíaca todos os anos no Brasil e que, assim sendo, milhares de famílias estão enfrentando desafios no tratamento e manutenção deste problema de saúde; – por falta de conscientização e de recursos muitas cardiopatias são diagnosticadas tardiamente, levando a complicações e muitas vezes ao óbito de crianças que poderiam ser evitados; – apesar das estatísticas, os fetos, recém-nascidos, crianças e atletas não são avaliados corretamente quanto à presença de Cardiopatia Congênita, – o Dia de Conscientização poderá representar uma oportunidade para as famílias de cardiopatas para celebrar a vida e lembrar daqueles que se foram, honrando assim os dedicados profissionais de saúde e abraçando outras famílias para que elas não se sintam sós, – a institucionalização de uma data poderá também ser uma oportunidade para compartilhar experiências e informações com o público e com a mídia, tornando este defeito congênito publicamente conhecido. Para maiores informações visitem nosso site http://www.pequenoscoracoes.com Ficaria extremamente orgulhosa de meu país se este considerasse dia 12 de junho como sendo o Dia de Conscientização da Cardiopatia Congênita. Atenciosamente, Os abaixo assinados:”

Assine esta carta no  AbaixoAssinado. org

Anúncios

Força do amor = Ação


“Com a força do amor
Tudo fica possível
O desejo que for
Nada mais impossível
Nada mais a temer
Só a luz da certeza
De que a vida tem outra beleza”

Durcila Cordeiro

Esta é parte de uma letra de música de novela bem antiga… Acho que  anos 80… Mas  felizmente o que ela  diz não ” caiu de moda”. A força do amor muda tudo! O amor em todos os sentidos muda os rumos, o prumo… E quando é um amor ” coletivo”, benéfico, com a intensão de fazer o bem… Nossa! Ele se espalha! Não é à toa que ” Amar”  é o mandamento  que  resume todos os outros!

Bom, por que estou escrevendo tudo isso? É para justificar  cada vitória que a ONG Pequenos Corações, que ainda nem nasceu formalmente,  vem alcançando! Na verdade, ” formalmente”, neste caso é mero detalhe. Porque o trabalho que estas ” operárias do amor incondicional” já vem fazendo não tem nada de amador.

Só para vocês saberem,  além de estarem  “bombando” na mídia  e  ainda com vários convites para  se apresentarem aqui e ali,  a ONG já começou a  receber apoio   de instituições ligadas  a saúde e também de empresários que  desejam contribuir com a  causa diretamente ou indiretamente.

Profissionais de saúde, médicos e empresários  reconhecem a importância do trabalho das mães  e querem de alguma forma estar envolvidos no trabalho e o telefone da Márcia Adriana Saia Rebordões ( mãe do Thiago), que vem liderando junto com as outras mães o trabalho,  não pára de tocar.

Então, querido leitor… Você que passa por aqui. Divulgue esta causa. Ela é nossa, mas é sua também! Nós estamos falando de gente como a gente. Gente que tem nascido e às vezes morrido sem  ter  o atendimento que precisava, às vezes por falta de recursos, às vezes  por negligência,  mas às vezes por pura “ignorância”.

A Pequenos Corações nasce para somar ao que já está disponível, mas com certeza fará a diferença porque sabemos que  Deus tem grandes propósitos para ela.  A Ele toda honra e toda glória!