• Calendário dos Cardiopatas

  • Livro da Isa

  • Arquivos

  • Vamos votar no Hospital do Davi !

  • Categorias

  • Comentários

    angela maria em Inesquecível = Thiago Saia…
    amigosdocoracao em Aprovado “Teste do Coraç…
    Francine em Vamos ajudar Bauruenses!
    iraceli donato em Rondonópolis – MT aprova…
    amigosdocoracao em Cardiologia e Neonatologia da…
  • Agenda

    setembro 2010
    S T Q Q S S D
    « ago   out »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  
  • mais acessados

  • Crianças do coração!

  • Enquete

  • Meta

  • Autores

  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 70 outros seguidores

Menino de dois anos é a pessoa mais jovem a receber pulmão artificial

Owen Stark, de 2 anos, sofreu dez paradas cardíacas quase ao mesmo tempo. O menino estava com sua família numa viagem pelo estado de Missouri, nos Estados Unidos, e foi rapidamente levado ao hospital de helicóptero.

Os médicos o diagnosticaram com a rara Hipertensão Arterial Pulmonar, doença que faz com os pulmões e o coração parem rapidamente, que atinge uma em cada 100.000 crianças. A solução encontrada por eles foi colocar o garoto em uma máquina de circulação pulmão-coração, que funciona como um pulmão artificial estimulando o original, enquanto ele esperava por um transplante urgente.

A complexidade do caso se deu pelo fato de nunca uma pessoa com tão pouca idade ter passado por esse procedimento e também por conta dos riscos, já que os médicos consideravam que mais de duas semanas com o equipamento poderiam causar danos irreversíveis a Owen. Depois desse curto espaço de tempo, o garoto iria precisar de um transplante imediato. A equipe do hospital chegou até mesmo a afirmar que a família deveria se preparar para o pior.

Contudo, uma “recuperação milagrosa”, nas palavras do pediatra cardiologista Dr. Mark Grady, aconteceu. “Não acho que haja qualquer dúvida sobre isso. O pulmão artificial realmente salvou a vida de Owen. Agora, além de não precisar mais de um transplante, ele poderá ir para casa dentro de um mês, algo que pensávamos ser impossível”, afirmou o médico ao jornal Daily Mail.

A família Stark, mais aliviada, contou que há um consolo no fato de saber que o procedimento pelo qual o garoto passou poderá ajudar outras crianças a longo prazo. Segundo o Dr. Grady, o caso do menino norte-americano abre caminho para a utilização em pacientes mais jovens, e até mesmo recém nascidos, do pulmão artificial.

(Fonte: Revista Crescer
Data: 03 de Setembro de 2010Link Original: Link: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI168438-17729,00-MENINO+DE+DOIS+ANOS+E+A+PESSOA+MAIS+JOVEM+A+RECEBER+PULMAO+ARTIFICIAL.html)

Anúncios

Uma resposta

  1. Parabéns Durcila! Sempre nos trazendo reportagens importantes e animadoras.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: