• Calendário dos Cardiopatas

  • Livro da Isa

  • Arquivos

  • Vamos votar no Hospital do Davi !

  • Categorias

  • Comentários

    angela maria em Inesquecível = Thiago Saia…
    amigosdocoracao em Aprovado “Teste do Coraç…
    Francine em Vamos ajudar Bauruenses!
    iraceli donato em Rondonópolis – MT aprova…
    amigosdocoracao em Cardiologia e Neonatologia da…
  • Agenda

    novembro 2009
    S T Q Q S S D
    « out   dez »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    30  
  • mais acessados

  • Crianças do coração!

  • Enquete

  • Meta

  • Autores

  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 70 outros seguidores

Artigo

Queria postar logo abaixo um artigo de um pai – Lou Mello – também comprometido com a  causa dos cardiopatas e que como a grande maioria  de nós começou um trabalho a partir do próprio filho. Ele tem um projeto chamado Coração Valente, que funciona  sob os ” auspícios” da Fundação Paz e Amor, uma entidade cristã e beneficente de Sorocaba – SP.

O site dele tem um link aqui no nosso e você poderá saber mais sobre o assunto lá mesmo! Mas deixo o post aqui porque achei bem pertinente o que ele escreveu.

 Um abraço,

 Durcila Cordeiro

 (Mãe do Cadu e da  Bia e adm. do Blog)

Com 7 milhões de dólares, Eike Batista arregaça o projeto social da Madonna no Brasil

A verba que Madonna conseguiu aqui, com empresários brasileiros, ultrapassou os dez milhões de dólares, sendo que sete milhões de dólares foram doados por Eike Batista – o que levou a pop star às lágrimas. Eu teria feito Strep tese total, ali mesmo (se fosse a Madonna, claro) e cantando Happy Birthday to you.

Volto a insistir, no Brasil o número de cardiopatas congênitos ultrapassa a casa dos milhões. Pessoal ficou impressionado com a gripe suína e fez bem, mas o número de infectados, até aqui, foi infinitamente menor do que a quantidade de cardiopatas mirins existentes. Se lembrarmos que mais de noventa por cento deles necessita de cirurgia de alta complexidade para continuar vivendo, o problema torna-se desesperador.

Mas trata-se de um mal silencioso. A minoria consegue passar pelo tratamento cirúrgico, o outros tem longevidade curta e variável e os demais vão a óbito. Conseguem melhor perspectiva os que estão mais próximos dos grandes centros, são filhos de pais mais informados, com mais recursos e a mesma história de sempre. Quando um cardiopata congênito nasce em uma maternidade, razoavelmente, estruturada, ele é encaminhado para o atendimento necessário. A questão é, quantos nascem em condições sem estrutura nenhuma? Andei pelo pantanal matogrossense e cheguei à uma casa, a beira de um grande lago natural, onde encontrei uma família  com dezoito filhos, sendo o menor de uns dois meses e o mais velho na idade de vinte e poucos anos. Fora os que ficaram pelo caminho. “Não vingaram” , disse o pai. Talvez algum cardiopata congênito, mas nunca saberemos, pois eles nasceram e foram enterrados ali mesmo. Nem registro dos nascimentos houve.

Por aqui, as cardiopatias congênitas figuram entre as causas que mais engordam as listas de mortalidade infantil. Mas não podemos esquecer-nos dos mais velhos, que perdem suas vidas para o mesmo mal, pois se o atendimento aos neo natais portadores da doença é precário, aos adultos portadores não operados ou necessitando de continuidade de tratamento, ele quase inexiste, com raras exceções paulistanas.

Tudo isso começa com a desinformação, não apenas da população, mas inclusive dos agentes de saúde, da inexistência de políticas públicas (até o INCOR de São Paulo anda mal das pernas e o presidente da república costuma servir-se do hospital) específicas e do desinteresse do país como um todo.

Creio que se o Eike Batista tomasse conhecimento do problema ajudaria a minimizá-lo, sem dúvida, tanto quanto seus colegas. Claro que com o risco de não obter qualquer notícia na mídia. No máximo um post por aqui e olhe lá. A Madonna também poderia se interessar, afinal o coração é cabalístico, também.

(Por Lou Mello/ Coração Valente

Anúncios

2 Respostas

  1. Que bom que você gostou e passou aqui. Espero contribuir com vc! Estamos mesmo é pra somar!
    Deus continue te abençoando e ao Thomas!

  2. Então Dursila, cá estou. Cheguei agora de S. Paulo e vi seu comentário no blog do Coração Valente. Fiquei feliz em ver o post aqui. Na verdade, meu desejo é amenizar as dores do pessoal envolvido com as cardiopatias congênitas, pacientes e familiares. Contribuir com a comunidade envolvida está muito nos planos. Parabéns pelo site e tudo que você tem feito pela causa. Estaremos em contato. Obrigadão pela força.
    Ah! Logo seu link estará no CV, também.

Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: