Um momento de poesia

Ontem entrei no site Pequenos Corações e resolvi navegar por ele todo, como antes não tinha feito. Na maioria das vezes entrava no mural e nas histórias das crianças e nem tinha atentado que lá tem também uma página de links bem interessantes. Em sua maioria voltado para a Sídrome da Hipoplasia do Coração Esquerdo, mas  outros também. Bom mas foi num site americano indicado lá e também voltado SHCE que li essa “poesia” escrita por uma mãe, cujo filho nasceu com essa cardiopatia. O original está em inglês e me atrevi a traduzir, “meio que capengando no inglês”, mas com alguma ajuda de ferramentas de tradução, pois queria compartilhar  esse texto que  imagino ser um sentimento de toda mãe de crianças  “especiais”. Sentimento também, tantas vezes traduzido nas palavras e textos da nossa amiga Adriana Rebordões – mãe do Thiago (amadinho que  de certa forma se tornou símbolo dessa causa chamada “cardiopatia congênita”).

Bom espero que gostem… Quem quiser pode ir no site e ler direto no original… (clique aqui) E quem fizer uma tradução melhor que  essa aqui, manda pra mim, pra eu substituir. Eu agradeço antecipadamento.Ah… A foto é do meu arquivo pessoal e não está no original.

beijos,

Durcila Cordeiro

Adm do Blog

Mãe do Cadu e da Bia

poesia 

Foi na noite que você se juntou a nós … todos os olhos estavam na terra.

Aguardamos com alegria  um parto mais especial.

O anjo estava pronto … para cada necessidade e cuidados,

Mas todos eles sabiam … que o Senhor estaria lá,

E eu trabalhei em … e papai estava com medo,

Esperamos … e perguntou … e esperava o que tínhamos preparado.

Nós sabíamos que você era especial … mas até muito doente,

No entanto, esperava o que havia crescido em mim … com cada pontapé.

E logo chegou a hora … E a este mundo  você veio,

Eu ouvi um grito suave … Então eu chamei o seu nome ….

E Deus o segurou em  suas mãos … enquanto os anjos estavam presentes,

A partir dali  eu não poderia prendê-lo … Eles compassivos e em silêncio choram.

Um pequeno anjo olhou para o Pai e sorriu,

“Você pode ensinar verdadeiramente esperança … através de uma criança tão pequena?”

“Um bebê tão indefeso … um bebê tão novo …

“Oh Senhor, por favor me diga … é isso que você vai fazer?”

Deus olhou para o anjo … e o  doce rosto do bebê,

“Por meio do que o meu jovem carregar … Eles irão aprender sobre a graça”.

Uma jornada…” Escrevi esta criança há … Muito tempo atrás,

“E através de sua grande coragem … o amor verdadeiro, como vai crescer…”

“Todo cabelo em sua cabeça foi numerado você vê?”

“É minha esperança que através dele … eles vão aprender a me ver.

“Oh, meu pequeno, com um coração especial …”

“O grande amor por você vai ver ..”

“Veja a  olhar… É a sua família ..”

“Eles estão esperando por você ..”

“Eu o envio aos braços à espera … por um tempo nós vamos nos separar ..”

“Mas eu sempre estarei com você … porque eu vivo dentro do seu coração.

E assim o seguramos em nossos braços …

E agradecemos o nosso Senhor

Em você …Nós vemos o milagre,

de Seu amor eterno.

Assim, quando é manhã de Natal,

E eu vejo os meus filhos brincar,

Não preciso de grandes lembretes

Para eu ver os meus presentes a  cada dia.

 

 

%d blogueiros gostam disto: