Pontos pretos…

 Certa vez vimos um homem desenhando uma porção de pontos pretos. Ficamos olhando para eles e não conseguíamos ver nada, senão um agrupamento irregular de simples pontos pretos. Mas depois ele traçou umas linhas verticais sobre os pontos, desenhou pausas, e, por fim, fez uma clave no início. Então percebemos que aqueles pontos pretos eram notas musicais. Tocando-as, descobrimos que era uma linda música!

 

Há pontos pretos em nossa vida, e não somos capazes de entender por que Deus permitiu tais coisas. Mas se deixarmos que Deus entre em nós e ajuste os pontos da maneira certa, trace as linhas que Ele quer, separe isto daquilo e coloque as pausas nos lugares próprios, Ele fará dos pontos pretos de nossa vida uma gloriosa harmonia. Não O impeçamos nessa gloriosa obra!

 

Muitas pessoas devem a grandeza de suas vidas às suas tremendas dificuldades. — C. H. Spurgeon

 

Quando o músico toca as teclas pretas do grande órgão, a música é tão doce como quando toca as brancas, mas para usar toda a capacidade do instrumento, ele precisa tocá-las todas.

Mananciais no Deserto – Lettie Cowman

 

Assim tem sido a nossa vida ultimamente: por enquanto estamos vislumbrando apenas pontos pretos, que muitas vezes não fazem sentido, outras vezes conseguimos enxergar até mesmo monstros imensos através desses pontos, tão prodigiosa é a nossa imaginação. Mas queremos tentar escutar a linda canção que Deus há de tocar quando unir e organizar os “pontos pretos” de nossas vidas. Aquele será um dia de grande louvor a Deus, por tudo o que há de fazer em nossas vidas.

 

Nessse final de semana os “pontos pretos” pareciam reticências… (Será que Deus se calou?) Nenhuma novidade, quase nenhuma alteração. O Thiago permanece como na semana passada, abrindo os olhos algumas vezes, outras vezes não; alguns momentos apresenta tremores nas pernas, outras vezes está relaxado e sereno; esteve um pouco mais inchado, mas parece ter sido devido a dosagem de diuréticos que havia sido reduzida para poupar um pouco seus rins…

 

Agora meditando nessas palavras de Spurgeon, cremos que Deus não se calou, nem está apático a toda a nossa situação (“não dormita aquele que te guarda”). Ele simplesmente está unindo os pontos pretos…

Que Ele mesmo nos dê força e serenidade para sabermos esperar tudo o que ele tem preparado para nós. Que logo passem esses dias frios e úmidos, que parecem chorar conosco, da mesma forma que tem chorado a nossa alma.

 Márcia Adriana Saia Rebordões

Esposa do Paulo, Mãe da Victoria e do Thiago

www.pequenoscoracoes.com

(27/07 – 9:45H – NOTÍCIAS DO THI –)

%d blogueiros gostam disto: