• Calendário dos Cardiopatas

  • Livro da Isa

  • Arquivos

  • Vamos votar no Hospital do Davi !

  • Categorias

  • Comentários

    angela maria em Inesquecível = Thiago Saia…
    amigosdocoracao em Aprovado “Teste do Coraç…
    Francine em Vamos ajudar Bauruenses!
    iraceli donato em Rondonópolis – MT aprova…
    amigosdocoracao em Cardiologia e Neonatologia da…
  • Agenda

    julho 2009
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • mais acessados

  • Crianças do coração!

  • Enquete

  • Meta

  • Autores

  • Coloque seu e-mail para receber novidades e notificações do Blog.

    Junte-se a 70 outros seguidores

Vacina universal contra a gripe

Cientistas ingleses testam vacina que pode ser capaz de proteger contra todas as variações do vírus da gripe, incluindo a aviária. Veja o que diz um especialista brasileiro

Simone Tinti -Crescer Notícias

Depois da vacina contra a gripe, que hoje é oferecida gratuitamente para os idosos (e até as grávidas poderiam tomar – veja matéria aqui), pesquisadores da Inglaterra estão testando um imunizante universal contra a doença.

Atualmente, as vacinas contra a gripe são produzidas anualmente, já que os vírus têm muitas variações. De acordo com o estudo, o novo imunizante seria feito com base em proteínas que ficam na parte interna do vírus, menos suscetíveis a mutações. Esse novo sistema tornaria a vacina eficaz por dez anos.

No entanto, mesmo que a pesquisa analise essa estrutura menos “mutável” do vírus, não se pode falar antecipadamente em uma “vacina universal”. Os próprios cientistas afirmam que são necessários mais cinco ou dez anos de testes, antes de concluírem o estudo. “Para que a imunização seja realmente universal, ela deveria ser realizada com base nos vírus mais presentes no mundo. E, mesmo assim, se existir um tipo específico apenas em um país, não estaríamos protegidos contra ele”, diz o infectologista Jean Gorinchteyn, do Hospital São Camilo (SP). Ou seja, um vírus detectado apenas no Brasil, ou em um pequeno país da Ásia ou da África, poderá não ser coberto pela vacina – já que essa variedade não estaria registrada na OMS (Organização Mundial de Saúde) como um dos mais freqüentes no mundo.

(Original:http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI13689-15546,00-VACINA+UNIVERSAL+CONTRA+A+GRIPE.html)

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: